amor eterno



quero morrer nos teus braços,
bem melhor não pode ser,
prá que mais, senão nos laços
onde amarrei meu prazer?


Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz.
Cabo Frio, 5 de julho de 2009 – 15h12.

Nenhum comentário:

Postar um comentário